Orixás / Entidades

 

Na Umbanda, os Orixás e Guias foram organizados em 7 linhas principais, que chamamos de "os 7 Orixás Maiores". Cada linha possui 7 divisões (vibrações), que chamamos de "Orixás Menores", e cada Orixá Menor, possui 7 guias subordinados, e assim por diante.

Os Orixás Maiores são espíritos extremamente evoluídos, acredita-se na Umbanda, que não é possível o contato direto com ELES.

Por isso cada linha de Orixá, envia para trabalhar na Terra os Guias, que são Entidades trabalhadoras, que vem de Aruanda ajudar seus filhos, nos livrando de demandas e transmitindo bons fluidos.

São estas Entidades os operários que INCORPORAM e atendem através das consultas, isto porque ORIXÁ principal NÃO FALA, apenas comanda.

As 7 Linhas são : Oxalá, Yemanjá, Ogum, Xangô, Oxóssi, Erês e Obaluayê.

Os Guias são nossos conhecidos Pretos Velhos, Caboclos, Crianças, Baianos, Marinheiros, Boiadeiros, Povo da Água, Povo do Oriente, etc.
Cada Entidade trabalha dentro de uma linha especifica, por exemplo, O Sr.Caboclo Cobra Coral, trabalha na vibração de Oxóssi. Cada Entidade trabalha na linha que sua vibração mais se identifica.  Por isso é errado o termo "Linha do Oriente" ou "Linha dos Baianos", o correto é "Povo do Oriente" e "Povo da Bahia".

Os Pretos Velhos trabalham tanto na Linha de Xangô ou Obaluayê.

As Entidades não comandam Exus, a não ser que participem de uma das 7 vibrações de um Orixá, por exemplo, a Linha de Ogum vibra em 7 Orixás Menores, e cada um deles comanda um Exu especifico.
  Porém um Caboclo da linha de Ogum está diretamente subordinado a um Orixá Menor.
Os Orixás fizeram de mim uma médium completa e honesta, capaz de resolver os mais intrincados problemas de origem espiritual e também os
de origem pessoal.

Fizeram de mim, uma médium que se desloca da matéria em viagens astrais para receber aulas e orientações de como lidar com o ser humano e atender aos seus anseios.

Abriram a minha terceira visão que me permite ver a AURA das pessoas e também poder ver através de cristais, búzios, cartas, e outros instrumentos de uso dos sensitivos.
Prepararam um médium, que até hoje me acompanha e se dedica a escrever livros, dois já editados, que são de extrema importância para quem valoriza a sabedoria transcendental e o valor espiritual.

Os Orixás fizeram e fazem trabalhos de inestimável valor em todos os campos materiais. Por conta disso, e com a ajuda deles, sei que estou apta e fazer o que for preciso para atender quem solicitar a minha ajuda dentro de qualquer campo. E em casos especiais, trabalhamos com São Cipriano, que, entre outras coisas, é o patrono dos Jogos de Azar e das fortunas assim adquiridas.