PREVISÕES PARA O ANO DE 2019

Visite a nossa loja Virtual !




 

 

 

 

 

 

 



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 







 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

























 

 

 
















Previsões e governantes espirituais para o ano de 2019.

2019 será um ano extremamente místico pelo conjunto de orixás na formação do governo astral.

Ogum e Nanã estarão à frente, sob a regência do Planeta Marte; Planeta vermelho símbolo da guerra.

Oxóssi será o intermediário de Ogum e Naná, para contra balançar os efeitos negativos que, uma guerra, sempre arrasta consigo.

Estes serão acompanhados pelo Arcanjo Samuel, o Arcanjo da espada azul, Regente do signo de Aries.

Ariano, com a regência em 2019, o seu um signo terá muita energia, porque o Arcanjo Samuel é o regente deste signo, e irá ser beneficiado pelo Planeta Marte.

Ele é um Anjo persistente e muito atuante quando encontra caminhos fechados, invocá-lo nas horas de aflição, através de orações, os caminhos se abrirão.

Ariano, tome muito cuidado com o excesso de energia e agitação. Controle seu gênio e não seja arrogante, pois pode botar tudo a perder. Seja cautelosa e prudente, não seja agressiva com palavras nem atos.

Seja gentil com as pessoas que a cercam em todos os ambientes, principalmente, no meio familiar, para não perder o respeito e a confiança nem se machucar a si próprio.

Ogum e o Arcanjo são muito exigentes, por isso, você enfrentará dias muito agitados e terá que ter muito auto controle para não botar tudo a perder. Mostre que tem inteligência e calma para exercer cargos de liderança e subir na vida, sem ser arrogante nem prepotente. O ano tende a ser muito bom para os Arianos, só depende de vocês.

Para dar suporte e amenizar o negativo, teremos Iansã e Oxum no lado mais positivo, do qual falarei adiante.

Os últimos anos da terra, têm sido extremamente negativos em todos os aspectos, ainda que algumas previsões, tivessem apontado algo de positivo, o que acabou por não se concretizar devido a vários fatores de má índole e formação, dos responsáveis pela condução da sociedade que, provocaram a ira de Deus, dos Orixás o sujaram o cosmos.

Desde 2013 para cá, o pior ano foi o de 2018, ainda que estivesse previsto ser um ano de fartura, dinheiro e, mais progresso, por ser regido por Júpiter que comanda a roda da fortuna, mas os fatores descritos acima cortaram os benefícios e originaram uma revolta dos Deuses.

Depois da apresentação das principais Divindades que governarão o ano de 2019, passo a descrever as atividades individuais e, a responsabilidade na conjuntura da regência.

OGUM – Orixá da guerra e dono de todos os materiais ferrosos de origem mineral.
Ogum, assim como toda a Divindade detentora do poder, não faz guerra contra os fracos e oprimidos, por isso, coloca a sua espada a serviço dos indefesos; e é essa a missão que traz no decorrer de 2019.

Existem regras para se merecer a sua luta ou, perdão, e a regra não inclui má formação moral, falta de fé e respeito por Deus e seus semelhantes, nem a compra de favores não merecidos.

Como bom General a serviço do Criador, valoriza a disciplina, a coragem, a honestidade, lealdade e Patriotismo.

No decorrer de 2019, recomendo muito cuidado com ferramentas cortantes, e pontiagudas, de toda a espécie, dentro do lar ou, no campo profissional.

Motivo – quando se está com os ânimos alterados, por quaisquer contrariedades, usamos o que temos em mãos para defesa, ataque ou, mesmo, desabafo.

Como Ogum é, guerreiro e dono de ferramentas cortantes e pontiagudas, podem ficar emanadas de influências negativas, em gestos até inocentes. Este aviso serve para todos, desde um cirurgião até um açougueiro, de uma costureira, a uma cozinheira; passando por todos que usarem ferramentas com tais características.
Nenhuma dessas ferramentas é inofensiva quando a humanidade está em guerra, mesmo usadas em ambientes de paz; tenham cuidado.

Dentro do ambiente familiar, onde existirem crianças, todo o cuidado será pouco para prevenir acidentes das mais variadas maneiras, desde o uso de facas e garfos, até à ingestão de líquidos tóxicos e perigosos. Este ano não nos permite descuidos, temos que estar atentos a todos os possíveis perigos.

Depois de tantos anos à espera que a humanidade seguisse um caminho mais compatível com a paz e o amor, sem resultado aceitável, chegou o momento do tudo ou, nada.

O tudo ou, nada, poderá ser percebido no descontrole emocional que provocará discussões que, em outras condições não provocaria. Tal descontrole pode ser no âmbito familiar, na rua ou, no ambiente de trabalho, já que o momento é de reciclagem comportamental e, a guerra, tende a ser abrangente e até cruel.


NANÁ BUROQUÊ – É a Sereia mais velha e comanda o leito enlameado do fundo do Mar, pântanos e aguas paradas. É a divindade da morte, dona da catacumba grande que é, o Mar.

Está no comando, junto de Ogum, para lhe dar respaldo e sepultar os mortos que tombarem nessa guerra; tais mortes, podem ser físicas ou espirituais; como por exemplo; depressões profundas e outros males que originem pôr fim à própria vida.

Os mais expostos a essas doenças serão as pessoas de terceira idade, o que não quer dizer, que os mais jovens estejam livres desse problema, basta que se deixem abater pelas dificuldades encontradas em seus campos de ação ou, que, a formação espiritual esteja comprometida pela falta de fé.

Sob o comando de Nanã, nem tudo é negativo, porque termos um ano muito positivo no campo das ciências medicas, onde novas descobertas serão conhecidas para controle e, cura, de doenças graves.

Todos os Orixás são de extrema bondade, mas não podem deixar de mostrar o lado disciplinador quando a humanidade burla as regras impostas pelo Criador; e este é o ano para mostrar o que temos feito de bom ou, ruim.

Quando um Orixá vem com a missão de guerrear, disciplinar, prender ou, abater, fará se acompanhar de outros para exercer o controle e abastecimento dos bens de consumo mais necessários.

Esta será a missão de Oxóssi, Oxum e Inhaçã.

Oxóssi é o Orixá caçador, que comanda as matas, florestas e toda a produção de grãos e alimentos no geral.

Irá ter a preciosa colaboração de Oxum, no comando das aguas doces e, de Inhaçã, na distribuição através das chuvas raios e trovões. Estes três Orixás serão os responsáveis pelo lado positivo no meio da guerra que está prevista.

Oxóssi é o dono da abundância e da fartura, que irá nos trazer, tudo que é necessário para matar a fome.
Se a humanidade fizer por merecer, este será um ano de grandes exportações e importações, que irão movimentar todo o comercio e abrir novos empregos.

Aconselho a respeitar as matas e florestas, usem-nas com respeito e coerência sem destruí-las, para que o resto dos elementos possam desempenhar o seu papel; só assim evitarão a ira dos Orixás.


Se destruírem as matas, enfraquecerão rios e córregos do reino de Oxum que, mesmo sendo uma Orixá amorosa e calma, costuma ser muito violenta com a falta de respeito com os elementos e de fé no Criador;

O bom será fazer com que ela, mantenha sua aguas calmas e, não revoltas, a causar destruição, que a agua continue sendo o liquido precioso, fonte principal da vida.

Se provocada, em vez derramar suas bênçãos sobre os humanos através de suas aguas, será mais uma aliada do guerreiro Ogum e Naná a cobrir a Terra de lama; e isso acredito que ninguém queira.


Iansã já é guerreira por natureza e, comanda um dos elementos mais perigoso, que é o fogo. Como todos os outros Orixás, tem seu lado bom para colocar a serviço da humanidade, mas não dispensa o respeito e a fé, nos elementos e no Criador, se detectar tais falhas, usará o fogo como aliado de Ogum.

Analisem com cuidado a formação dos Orixás que irão comandar a Terra e, façam todo o possível, para não lhe aumentar a ira.

Mesmo com todo o cuidado, respeito e fé, não estamos livres de sofrer com os efeitos da guerra que a própria humanidade provocou e, que vai acontecer.

Neste contexto não quero denegrir a imagem de Ogum; antes pelo contrário; quero louvá-lo pelos poderes que tem para livrar a Terra dos maus elementos em defesa dos inocentes.

Não esqueçam que, a espada que abate um tirano, está salvando os oprimidos, e isto é justo, louvável e, Divino.

Os ânimos ficarão muito exaltados e, tudo será motivo para brigas e discussões, no âmbito familiar e, principalmente, no transito e ambiente de trabalho.

A pratica e gerencia de esportes, em geral, será muito afetada pela regência espiritual em 2019. O ano será ruim, tomem muito cuidado.

Acidentes graves acontecerão com todos os meios de transporte, carros, trens, aviões, navios, tratores e tudo que for ligado ao ferro e ao aço; cuidado com armas de fogo, pois estas estão ligadas diretamente ao aço e ao fogo, tudo que uma guerra não dispensa; cuidado com brigas no transito.

O lado positivo estará atrelado à fé, coragem, bondade, altruísmo e ao verdadeiro senso de justiça, dentro e fora do ambiente familiar.

Neste momento de reciclagem da humanidade, não podemos achar que somos mais espertos que os outros para obter lucros, não merecidos, a esperteza terá de ser transformada em inteligência e, lutar lealmente para obter sucesso.

Os bons sentimentos, aliados à inteligência e luta justa, serão premiados, porque o joio será separado do trigo.

Será o ano de renovação de ideias e muitas conquistas, mas não deixe para o dia seguinte o que pude fazer hoje e, se for agraciado com as benesses por seus bons atos, não se espante com o sentimento dos invejosos; porque isso terá demais.
Aos invejosos, aconselho a que façam um exame de consciência antes de fazerem a tradicional pergunta: - porque tudo que é ruim acontece comigo?

O número positivo deste ano é o ( 3 ), ligado à alegria e grandes realizações profissionais, tanto no trabalho como nos estudos.

No horoscopo Chinês, será o ano do (porco). Ano de fartura.

O ano de 2019 será muito místico. Propicio para cuidar do lado espiritual, libertarem-se do egoísmo e maus sentimentos.

Espiritualizem-se e façam as pazes com Deus, se assim fizerem, a Terra será muito melhor nos anos vindouros;

QUE ASSIM SEJA.

MUITO AXÉ E ALEGRIA DE VIVER PARA TODOS MEUS FILHOS DE SANGUE E, DE SANTO.

Estendo a toda humanidade minha benção
,
Mãe Dolores Portuguesa